Uma mulher de pouco mais de quarenta anos, é acusada de se transformar em hiena e circular a calada da noite, num dos Bairros da cidade de Inhambane, situação que inquieta os moradores.

A mulher percorre residências onde furta panelas de comida nas lareiras e outros haveres, além de interceptar pescadores para o furto do seu produto no período nocturno.

Depois de várias suspeitas, a vizinhança começou a prestar atenção aos movimentos da mulher-hiena, que no último sábado, muito cedo, iniciou as suas incursões.

Os moradores, apercebendo-se da sua saída, montaram duas equipas de patrulha, que seguiram as pisadas do suposto animal. A perseguição do animal terminou no interior da residência da mulher suspeita de se transformar em hiena.

Segundo a Radio Moçambique, quando os populares tentavam localizar o animal, eis que sai a dona da casa questionando a invasão da sua residencia.

Enfurecidos, os moradores partiram imediatamente para a agressão, mas graças a intervenção da autoridade do bairro não aconteceu o pior. O chefe do quarteirão D, diz que a presença da estrutura local foi fundamental para evitar justiça pelas próprias mãos da parte da populacao.(UTHOMI)