Se começar a ouvir as músicas de Natal demasiado cedo pode aumentar os níveis de ansiedade, ser apressado a decorar a casa para as festividades pode ter o efeito oposto.

A pouco mais de um mês para o Natal são ainda muitas as pessoas que acham que é demasiado cedo para decorar a casa a preceito. Mas, e se lhe dissermos que quanto mais cedo o fizer mais feliz se vai sentir?

A ideia é defendida por um conjunto de especialistas que, segundo o The Independent, revela que as pessoas que decoram mais cedo a casa para o Natal são mais felizes do que aquelas que esperam para o fazer. E tudo porque este é um dos momentos do ano que mais aproxima os adultos das memórias felizes de infância.

“Num mundo repleto de stress e ansiedade, as pessoas gostam de se associar a coisas que as deixam felizes e as decorações de Natal evocam esses sentimentos fortes de infância”, diz o psicanalista Steve McKeown, que destaca que quanto mais cedo se decorar a casa, mais tempo irão perdurar as memórias positivas e emoções de infância.

De acordo ainda com a publicação, um recente estudo publicado no Journal of Environmental Psychology revelou que decorar o exterior da casa faz com que os habitantes da mesma pareçam mais amigáveis aos olhos dos outros.

Porém, a chegada ‘antecipada’ do Natal pode ter um efeito negativo nas pessoas. Quem o diz é a psicóloga britânica Linda Blair que, à Sky News, defendei que ouvir as canções de Natal quando ainda não é Natal nada mais faz do que aumentar o stress, especialmente se se tratar de alguém que trabalhe na área do retalho.

Como lhe contámos aqui, de uma forma mais ou menos polémica, não estivessem as declarações espalhadas em toda a imprensa britânica, a psicóloga diz que “a música de Natal é suscetível a irritar as pessoas se for tocada muito alta e muito cedo”.

Fonte(notícias ao minuto)

DEIXE UMA RESPOSTA