Por: José Carlos Maria Xpião

O relógio marcava 19 horas, tal como o “convinte” recomendava estava na hora de Moz e o mundo assistirem àum espectáculo, a gala mais esperada do ano, tratava-se da segunda edição do “Vibratoques” cujo anfitrião foi uma das operadoras de telefónia móvel.


Aproximando pessoas, pensando na cultura, entretenimento Moz, assim como nos seus bolsos, a Vodacom evidou esforços para criar este evento, um verdadeiro encontro de celebridades, se é que na Pátria Amada temos pessoas com tal “status“, como diz a minha amiga Albertina Palalane, prefiro chamar de figuras públicas/conhecidas.

Quando todos pensavamos que seria um salão para a comemoração da nossa música, ishiii yowé, o destaque foi para a indumentária das nossas manas. E porque era época carnavalesca, nem deram-se tempo de olhar a *indicação traje formal, contactaram seus Alfaiates para costurarem melhores fantasias, francamente, há problemas do conceito de gala ou é querer ser falada a todo custo?! 

Algumas nomeações para determinadas categorias foram mal articuladas, não compreendo como é que K9 vai estar na lista “Revelação”, isso é falta de respeito a imagem do Artista, seus seguidores e fãs!

Nada contra o G-2, sempre é nomeado e ganha, hawena, não nos põem areia nos olhos, sabemos que o Artista tem ligação directa com a organização desse evento, quem é que disse que Filomena Maricoa deve estar na lista de “Melhor Artista Feminino” enquanto deveria encabeçar a da “revelação”?


Fiz “txuna fato” para ir a gala, mas enquanto preparava-me, chegaram no meu inbox várias imagens cujo cenário era de carnaval, tudo foi transformado num circo, tanta palhaçada, acabei ficando em casa e fiz “txuna volta” fui devolver a roupa.
A iniciativa do evento é positiva, mas é preciso estabelecer critérios de selecção e nomeação, de forma clara.    

Como diz G. Aníbal, os nossos artistas precisam de ser investigados, evite-se doenças emocionais pois o game está muito agressivo. 

Na gala do ano passado falou-se do traje, deste ano, mesma situação, alguma coisa está a falhar os organizadores que posicionem-se.

Exagerar nas acções de Marketing mostra a falta de capacidade para atingir o público-alvo.

DEIXE UMA RESPOSTA